20 abril 2007
Eu sei, eu sei...

... ando longe daqui.


As férias têm me trazido a oportunidade de realizar algumas tarefas que iam ficando eternamente adiadas. Hoje, por exemplo, estive toda a tarde a arrumar os meus LEGO! E dizem vocês: ah! Na brincadeira!
E porque não? Brinquei sim senhora! E soube tão bem! Passei a tarde toda a recordar brincadeiras de infância. Tínhamos poucos brinquedos mas uma imaginação infinita, ingredientes fundamentais para que o LEGO se tornasse o passatempo nº1 lá em casa. Era também motivo de reunião de família já que assim que aqueles fantásticos e irresistíveis pequenos tijolos coloridos eram espalhados no chão do quarto, logo vinha a minha mãe dar sugestões e conselhos. Em cada sessão era inevitável a criação de uma casa e de um carro e, na falta dos bonecos da marca, brincavamos mesmo com as figurinhas de plástico que a minha mãe foi coleccionando, saídas uns bons anos antes na Farinha Amparo.
Posso até dizer que sem eles não seria o que sou agora ;) Manuseá-los ainda hoje me dá um gozo incrível e é com grande facilmente que me deixo levar pela imaginação.
Actualmente a marca tornou-se símbolo de status social, muito à conta da linha de roupa infantil, coisa que detesto. Acho até que há muitos miúdos - e graúdos - que não conhecem aqueles tijolos de plástico tão divertidos mas que gastam rios de dinheiro em kidsware. Enfim...

Para os mais curiosos...
Para os mais saudosistas...

Etiquetas:

 
nota da criolinha às 22:28 |


4 Comments:


At 21/4/07 7:27 da tarde, Blogger MC 

Podia ter sido eu a escrever quase tudo! Que paixão tive, e tenho, pelos meus amigos Legos ... e tantas recordações que eles me trazem!

bjs!

At 23/4/07 11:23 da manhã, Blogger *CC* 

As nossas paixões de criança, ficam sempre be presentes.

beijocas
CC

At 27/4/07 11:04 da tarde, Blogger Ana 

E antes os Legos davam para dar azo à imaginação. Hoje em dia só dão para construir o que está na caixa... que tristeza!
Ainda bem que o pai da Nô ainda tem os legos dele! Os meus foram-se perdendo nas viagens (eu vivia em Macau) e nas "arrumações" e "passeios" que as minhas irmãs lhes proporcionaram :)

Beijocas ENORMES :***

At 29/4/07 10:22 da tarde, Blogger Sonia&Mi 

Guardei tantos :D
Adoro!