No corredor, a caminho da sala de operações, a excitação estava ao rubro. Sentia-me como uma menina de 5 anos prestes a receber o brinquedo favorito.
O pai acompanhou-nos até à porta mas não pode entrar. Lá dentro o caso mudou de figura :P Por causa da tensão alta nem sequer tentaram a indução do parto e fui direitinha "à faca". Quando entrei na sala, azul e fria, comecei a ficar assustada com tanta gente desconhecida à minha volta. Todos se escondiam por detrás de uma máscara que mal dava para ver os olhos. Pela cor da pele ;) vi a anestesista, a Drª V, que conhecera algumas horas antes e pela voz reconheci o Dr. J... só aí fiquei mais tranquila :) Seguiu-se toda a parafernália de instrumentos, anestesias, monitorizações, etc. A determinada altura, com tanta emoção, começo a sentir-me a desfalecer - o que não era suposto - e, apesar de responder que estava bem, uma daquelas maquinazinhas começa a apitar freneticamente a avisar da mentira (parecia que estava num daqueles episódios da Anatomia de Grey :P). Depois de me estabilizarem o Dr. J entra finalmente em acção. Naquele momento sou assolada pelas preocupações do costume: Será que a anestesia já está a fazer efeito? E se me cortam o bebé sem querer? A Drª V, ao meu lado, tenta acalmar-me e, num instante, depois de algumas sensações desagradáveis e indiscritíveis oiço o choro mais lindo do mundo... fico paralizada! 00.50h Levantam-no e eu vejo-o pela primeira vez :D. Estava todo sujo... era feio, cinzento e berrava com toda a força dos seu pequenos pulmões, mas o meu coração batia mais do que nunca por aquela criatura tão pequenina. Derramei uma lagrimazita :P. Quis agarra-lo mas estava amarrada. Rapidamente o levaram para outra sala. E eu seguia-o com os ouvidos já que ele não parava de chorar. Nesta fase, perfeitamente consciente de tudo o que estava a acontecer, só queria que o Dr. J se despachasse com os "alinhavos" para eu me poder levantar e ir ter com o meu bebé :P. Só olhava para o relógio na parede da sala e pensava que me estavam a empatar ;) Entretanto voltam com ele, já limpinho e vestido com as roupas emprestadas da Catarina ;P, e encostam-no à minha cara... Sinto-lhe o cheiro e toco-lhe suavemente na testa com os lábios... voltam a levá-lo... continuo amarrada :S. Aqueles eram os meus primeiros minutos de mãe.
A caminho do Recobro uma pequena paragem no Berçário. Lá estavam eles... os dois homens da minha vida nos braços um do outro (ainda agora cai uma lagrimazita :P). Do outro lado do vidro o pai faz-me um sinal com a mão para saber se estou bem e eu repito o gesto. Já no Recobro chegam os dois e depois de uma breve troca de palavras entre nós, seguindo o meu instinto e sem autorização de ninguém, coloco-o no meu peito... depois de alguns minutos de insistência lá consigo que ele mame pela primeira vez :D Foi uma madrugada em claro, cheia de emoções, com muita ansiedade à mistura. Aquele pequeno Ser que tanto tinhamos desejado tinha finalmente chegado às nossas vidas... estava ali, no meio de nós... era perfeito... era lindo... era real!!

Etiquetas:

 
nota da criolinha às 10:45 |


9 Comments:


At 23/6/08 3:01 da tarde, Blogger Nany 

Lindo, lindo, lindo.
Adorei sentir o amor a ransparecer em cada sílaba.
Bjks grandes

At 23/6/08 4:52 da tarde, Blogger Anna72 

Já?! 4 meses?! Parece que foi ontem! :)

Dois posts muito bonitos :) Escritos com aquela inspiração que só a maternidade dá.

Beijocas

At 24/6/08 10:34 da manhã, Blogger IC 

que bonito texto:O).beijinhos grandes e mais uma vez parabéns!

At 24/6/08 6:25 da tarde, Blogger Luna 

saudades, o tempo passa num instante.
bjocas

At 25/6/08 11:30 da manhã, Blogger Angela 

Descreveste exactamente o que eu senti. Quando a pus a mamar assim que me caiu nos braços é que senti que o sonho finalmente era real.
Beijos grandes e parabéns pelos 4 mesitos.

At 25/6/08 7:51 da tarde, Blogger Suzana 

Como sempre... um texto de arrepiar!

Ai que vontade de ter o meu bébé no colo ;)

Bjs

At 26/6/08 10:03 da manhã, Blogger Bárbara - Sol e Lua 

Assim não vale porque choras tu E EUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

BJ

At 28/6/08 11:11 da manhã, Blogger Irina 

lindo
adorei ler
obrigada por partilhares

At 5/7/08 4:38 da tarde, Blogger Ceres 

Gostei tanto deste post, Criolinha! :)

Parabéns pelo teu S.! :)