17 janeiro 2006
spt#3

spt#3
Originally uploaded by criolinha.

Em Setembro de 2005 descobrimos um milagre. Depois de algum tempo e ansiedade, finalmente o nosso sonho tinha se realizado. Algumas semanas depois era interrompido. Foram tempos difíceis que foram superados com a ajuda preciosa do E. e das mulheres que conheci por aqui. Esta seria a minha barriguinha de cerca de 22 semanas. Hoje são como amigas e anseio conhece-las pessoalmente. A elas dedico esta foto. Tristeza? Não, nostalgia.

In September 2005 I’ve discovered I was pregnant. It only lasted four weeks. I went true a hard time but I’ve got my husband understanding and a precious help from my new friends I met in a forum about infertility in the web. I dedicate this photo to them.

Etiquetas:

 
nota da criolinha às 20:31 |


18 Comments:


At 17/1/06 10:38 da tarde, Blogger Bem Me Queres 

Amiga,
Nem sei o que te escrever. Força, coragem, ânimo e mta confiança no futuro. Perdeste o teu bébé, mas vais ser recompensada por esse sofrimento. Um dia iremos conhecer-nos....
Um beijinho doce
Cláudia

At 17/1/06 10:44 da tarde, Blogger ... 

Pois é, eu também teria uma barriguinha assim! Mas não tinha que ser amiga...Um beijinho muito grande e esperança no futuro, que ainda há muita coisa para ser vivida. Adorei a foto.

Mocas

At 17/1/06 11:55 da tarde, Blogger Sonia 

eu estaria de 34 semanas... mas não aconteceu!

Muitos beijinhos e força!

At 18/1/06 9:55 da manhã, Blogger CC 

A foto está um espectaculo. Vais ver que logo logo terás uma barriguinha linda com um bebe lindo e saudável lá dentro :-)

At 18/1/06 10:09 da manhã, Blogger Alexandra 

Amiga,
infelzmente eu nunca cheguei a saber o q é estar grávida, pq simplesmente quase não consigo ter ovulações, por isso não consigo imaginar a dor q sentes.
Seja como for, aqui vai um beijinho grande e força, pq um dia tb terás a tua estrelinha a brilhar dentro de ti...e esse dia está prestes a chegar!

Beijocas
Alexandra

At 18/1/06 10:50 da manhã, Blogger Anna72 

Por muito que não queiramos pensar nisso é inevitável! Eu teria agora um(a) bebé com 4 meses de idade.

Mas nada de perder as esperanças! Para a frente é que é o caminho e não tarda nada teremos todas as nossas barriguinhas lindas!

Beijocas

At 18/1/06 11:59 da manhã, Blogger Musa 

Amiga, embora conheça a dor da infertilidade, não conheço a dor de perder um bébé, mas imagino que deva ser ainda mais profunda... Tens demonstrado por aqui ser uma pessoa muito forte e admiro-te por isso. Espero, do fundo coração, que este ano reencontres a felicidade de gerares uma vida dentro de ti...
Um beijinho e um abraço muito apertado,
Musa

At 18/1/06 12:04 da tarde, Anonymous tuga 

Olá amiga, vais ver q daqui a pouco irás publicar uma foto com uma bela barrigota, Tu e eu. Bjs Tuga

At 18/1/06 1:47 da tarde, Blogger Susy 

...por vezes penso que já podia ter um bebé com 11meses, feitos a 13/Jan e outro a caminho 11semanas na barriga da mamã...
Mas a natureza não o permitiu e Deus sabe porquê.
Assim resta-me tentar ganhar ânimo!
Para ti, desejo coragem, ânimo, força e que rapidamente consigas realizar o teu sonho!!
Talvez o consigamos ao mm tempo, era giro. Imagina todas as nossas Amigs do Pinkblue k ainda não conseguiram, todas nós barrigudas ao mesmo tempo, era divinal! e de preferência mt rapidamente....Consegues imaginar?
(tenho k sonhar com alguma coisa.)
Jinhos
Susy

At 18/1/06 3:51 da tarde, Anonymous Anónimo 

Querida, devorei as tuas palavras, sei que ha dores maiores mas a nossa nao fica muito atras, nao resta mais senao esperar que o tempo acalme a nossa tristeza e com o apoio das nossas amigas e dos nossos familiares seguirmos em frente para conseguir o que mais desejamos. Foi assim comigo e sera contigo também e hoje apesar de lembrar com muita amargura o que passei, estou a conseguir apagar da minha memoria recente essas imagens do passado. A felicidade que hoje sinto sobrepoe-se a tudo e nao me arrependo de ter continuado em insistir no meu sonho porque finalmente acho que chegou. Se assim não for a vida continua, quem sabe com outras opções. Mais não podemos fazer.

Beijinhos e não fiques triste porque a amargura destroi-nos.

Ana Oliveira

At 18/1/06 6:09 da tarde, Blogger NaRiZiNHo 

Olá :)
Não desanimes. Sei mt bem como te sentes e como sei o significados q as "coisas" têm para nós. Tal como tu, teria hoje 25 semanas...mas o que lá vai, lá vai.....sim, é certo, é mesmo nostalgia...já me tinha habituado a falar com ela, a dizer-lhe "Bom dia Alegria" ou "Boa noite e bons sonhos". Mas tinha q ser assim, nada acontece por acaso.
Todos os dias acordo a pensar que a qualquer momento a Formiguinha estará dentro de mim, e se consegui em Agosto, também irei conseguir um dia destes. Assim como tu! Até lá, aproveita a vida, que é bela, cor de rosa e amarela! :) (esta semana ando com este lema :P). Bjs.

At 18/1/06 6:45 da tarde, Blogger Elsa Ferreira 

Força kida!!! Não é fácil não mas tu consegues!

Jinhos grandes,
Elsa

At 18/1/06 7:04 da tarde, Blogger Penélope 

A foto é linda! Amei, amei, amei, amei, amei, amei.....!
Infelizmente tb conheço a tua dor.
Bj,
Penélope

At 18/1/06 9:48 da tarde, Blogger x 

Lamento muito a tua perda... :( Às vezes, dava jeito perceber o porquê dos nossos sofrimentos, não é? Mas há coisas que estão para lá do nosso entendimento...

Olha, gostei muito do teu blog e do template, que está muuuuito giro :)

At 18/1/06 10:21 da tarde, Blogger  

Vais conseguir ser mãe... Acredita!

beijos
Zelia

At 19/1/06 6:11 da manhã, Blogger Bunny 

EU tb...já o tinha com 1 ano e qq coisa nos meus braços. Mas não tinha que ser meu... e é isso que eu tenho que pensar,e tu tb!
Calma e mta Fé. O nosso dia está perto..muito perto!!
Beijinhos com mta ternura

At 19/1/06 11:01 da manhã, Blogger Nany 

Estou sem palavras. És uma inspiração e na situação que estou a passar agora não consigo de olhar para ti e pensar que o teu exemplo é inspirador e valioso.
Obrigado por partilhares a tua história.
Bjinhos

At 19/1/06 11:46 da tarde, Anonymous Matilde 

Linda, as tuas palavras são lindas, és única :)))
Boa Sorte que bem mereces a tua estrelinha :)))
Beijokinhas
Matilde